terça-feira, 11 de setembro de 2012

U S OPEN FINALS


Murray, numero três do mundo, enfim entra para o grupo de campeões de Grand SlamMurray encerra jejum, ganha força na briga para ser número 1 e mira exemplo de treinador

Do UOL, em São Paulo
            Andy Murray tem motivos de sobrar para considerar 2012 como o melhor ano de sua carreira. O britânico, enfim, conseguiu acabar com o jejum e conquistou seu primeiro Grand Slam ao faturar o Aberto dos EUA em emocionante final contra Novak Djokovic. O inédito troféu coroa seu desempenho e o credencia a brigar por outro de seus objetivos: tornar-se o número um do mundo.
            Em 2012, o britânico conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, quando superou o próprio Djokovic nas semifinais. Antes, havia chegado à final de Wimbledon, mas perdeu a decisão para o suíço Roger Federer.
Opinião do Blog Braztennis: Murray derrubou literalmente Djokovic. Por várias vezes a força da bola do inglês desequilibrou e derrubou Djoko que chegou a pedir atendimento médico e depois empatou a partida em 2 a 2 mas não resistiu à força do inglês Andy Murray que fechou o quinto set e merecidamente ganhou seu primeiro Grand Slam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário