quarta-feira, 19 de julho de 2017

Edição Especial - Paulo Santana 5.0





                                 Com meio século de existência e sete anos dedicados ao tênis o atleta Paulo Santana, já sente a ferrugem corroer as juntas, como se a máquina estivesse exigindo um pouco mais de óleo pra lubrificar a engrenagem.   Diminuir o ritmo,  jogar menos partidas, exigir um desempenho menor, parar de jogar, são opções reais que precisam ser consideradas?
                         O mestre Roger Federer ensina que não. Enquanto restar energia e empolgação, técnica não vai faltar. Quando faltar técnica, energia e empolgação  não devem faltar. Quando faltar energia, empolgação e técnica, tá na hora de dar uma pausa...tirar uns dias de férias...e depois
voltar arrasando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

U S OPEN 2020 - DE VIRADA É MAIS GOSTOSO

  Com virada histórica, Thiem conquista US Open e fatura 1º slam do pós-Big 3. O austríaco Dominic Thiem, número 3 do mundo, finalista de tr...