Pular para o conteúdo principal

FUTURE BRASÍLIA 2018 - SONHO DE TENISTA

Paulo Andre
Atleta lança campanha na internet pra tentar realizar o sonho de ser tenista profissional e conquista seus primeiros postos no ranking oficial da ATP

Quero ser tenista profissional

Morador do Itapoã, periferia de Brasília/DF, o garoto vem de uma família humilde. Sua mãe é diarista, enquanto o pai trabalha como pedreiro. No início, ela não via esse envolvimento com bons olhos, pois achava que era um esporte de rico. Mas Paulo André tinha algo bem maior em mente do que simplesmente pegar uma raquete e acertar a bolinha amarela. “Desde o início, eu falei para minha mãe que queria ser alguém na vida e realizar os nossos sonhos”, diz o atleta. 
Ele conheceu o tênis ainda criança, quando tinha apenas 12 anos, por meio de um projeto social do grupamento de fuzileiros navais, chamado Segundo Tempo. “À época, eu jogava futebol por lá e meus amigos me chamaram para jogar tênis. Fiz a primeira aula e gostei”, contou Paulo André. E essa brincadeira foi rendendo frutos.
Pouco tempo depois, o atleta foi treinar no Centro de Treinamento Lindoso, no Setor de Clubes Sul (SCS).
Aos 14 anos, a decisão já havia sido tomada: queria ser jogador profissional. E foi, a partir daí, que os treinos começaram a ficar mais puxados. A escola deu lugar ao esporte. Os treinamentos, feitos somente pela manhã, preencheram também as tardes de Paulo André. “Eu estudo a noite para poder me dedicar mais”, pontuou o jovem.
Para jogar, ele ainda esbarra em uma dificuldade: a financeira. Mas se alguns acham que isso é motivo para desistir, o garoto, humilde, encara essa situação como uma motivação. “Eu sei que tenho poucas oportunidades, então eu tento aproveitar as chances da melhor maneira possível”.
O sonho no tênis profissional começou a ser escrito na última terça-feira (08/05/18). O primeiro ponto no ranking oficial da ATP veio após a vitória por 2 sets a 0 (6/4 e 7/6) contra o argentino Lorenzo Gagliardo. “Quando eu ganhei, não sabia o que fazer. Eu fiz o movimento natural de levantar os braços, mas ainda não tinha ideia da proporção que ia tomar”.
"Quero ir até o final! Se for para não dar certo, quero pelo menos falar para o pessoal que me ajudou que eu tentei e fui até muito longe. Se não der certo, eu quero estar ali para ajudar". finaliza.
https://www.kickante.com.br/campanhas/quero-ser-tenista-profissional-0

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10º Aberto de Tênis de Brazlândia - Menina de Ouro

A grande final da categoria A masculino nem aconteceu ainda, foi adiada a pedido dos atletas e agendada por eles para a próxima quinta-feira a partir das 10 horas da manhã. Mas a grande campeã  do 10º Aberto de Tênis de Brazlândia foi mesmo a atleta Ana Clara que venceu Davi Nogueira de forma convincente na final da Categoria B Mista, na sexta feira e no sábado fez o melhor jogo do torneio contra a atleta Giovanna de Jesus. As duas atletas mostraram um tênis empolgante , com muitos winners e jogadas de  efeito, pra deixar qualquer marmanjo de boca aberta.  Giovanna bem que tentou, e fez tudo que estava ao seu alcance pra conseguir a vitória, mas Ana venceu de forma contundente (6-2, 6-3 ) e provou mais uma vez,  que é  a melhor tenista atuando hoje, em Brazlândia. Eu arriscaria dizer que independente de gênero,  a nossa menina de ouro pode encarar qualquer atleta da 1ª Classe e sair vencedora.
                        Na categoria C masculino o vencedor foi o atl…

10º Aberto de Tênis de Brazlândia - Final Classe A

10º Aberto de Tênis de Brazlândia Classe A Masculino Final RICARDO PENA


QUINTA FEIRA 20/06 -09 HS QD. 01- DT EZEQUIEL CRISTINO

ROLAND GARROS SÉRIES 2018 - MASTER FINALS - ATLETAS DE MALAS PRONTAS

CBT divulga tabela  do  Master Roland Garros Séries Amateur by Peugeot  
               De malas prontas para embarcar ao Rio de  Janeiro, onde disputa o Finals do Circuito Roland Garros Amador, Paulo Santana já sabe quem será seu adversário. O atleta Mosart Longhi se classificou em quarto lugar geral na 5ª Classe acima de 34 anos e enfrenta Paulo no primeiro jogo da chave que ainda tem Marcos Assef campeão da Etapa Brasília e o uruguaio Rodrigo San Juan que venceu a etapa Rio Grande do Sul como cabeças de chave.             Disputam a 1ª Classe do Torneio,  atletas renomados do circuito amador  de Brasília, como Nino Portugal,e  Antonio Amaro , e ainda vários tenistas de outros estados do Brasil e até do exterior.
Acesse , http://www.cbt-tenis.com.br/classe.php?pag=torneios, para visualizar as tabelas com todos os jogos.